Intensificando cada dia mais a vivência como grupo de refundação da Juventude Masculina de Schoenstatt no Santuário Maria Cor Ecclesiae os jovens do JUMAS POA vivenciaram emoções grandiosas neste último final de semana. Começando pela participação nas duas Missas(16h e 20h) do dia da Aliança no Santuário, com participação ativa na liturgia juntamente com a Juventude Feminina de Schoenstatt.
Após a celebração da Santa Missa às 20h que foi a abertura do II retiro de vivência do JUMAS POA os jovens foram para sala Pe Kentenich iniciar os preparos de um belo cachorro quente enquanto descontraíam com músicas e boas risadas. Após a janta os jovens realizaram um estudo e debate sobre “o que é realmente a autoeducação e o autoconhecimento”, fazendo propósitos pessoais de iniciar realmente uma caminhada de mudança de vida radical para a construção de homens novos.
Em seguida fomos ao Santuário para Oração do Terço e entrega do JUMAS POA para a nossa Mãe. Ainda no Santuário foi feita a proposta de vivermos radicalmente o ideal nacional e por meio disto foi proposta uma vigília em toda madrugada, por meio de revezamentos de 1h de duração em Adoração dentro do Santuário. Proposta pensada para nos vincularmos ainda mais a MTA e por estarmos em Adoração vivermos o Fogo do Cristo Tabor. O desafio de permanecer acordado e também de despertar nos horários combinados para não deixar o irmão sozinho mais que o tempo devido tornou a proposta ainda mais intensa.
Pela manhã de domingo após o café foi proposto um debate sobre a “filialidade que nos torna pais”, onde todos participaram com diversas teorias e experiências interessantes sobre a temática. Após este debate cada jovem apresentou um pouco mais sobre a história dos símbolos do JUMAS e se recordou algumas histórias e situações vivenciadas.
No domingo fora também o almoço de encerramento do ano do Santuário Maria Cor Ecclesiae e toda a família de Schoenstatt se fez presente na Paróquia Nossa Senhora da Assunção para confraternizar. O JUMAS não fez diferente e em meio ao retiro fez uma pausa para participar e auxiliar na organização do evento, no estilo JUMAS de viver… Após este grande momento de vivência da família de Schoenstatt retornamos ao Santuário para os últimos momentos do retiro.
Na chegada tivemos nosso último momento de estudo onde foi partilhado sobre “Maria, Mãe e Educadora”, onde destacou-se os grandes dons e o modelo da Mãe. Neste diálogo destacaram-se pontos importantes da vinculação à Mãe no processo de autoconhecimento e autoeducação.
Para encerrar o retiro nos dirigimos ao Santuário para entoar nossa Consagração e fazer agradecimentos pelas vivências e crescimentos destes dois dias. Abaixo relato de dois jovens do grupo quanto a tudo que foi vivenciado:
“Ficamos a noite nos revezando em oração no santuário, mantendo nosso pequeno fogo interior como instrumento para que a mãe nos mostrasse o caminho certo a seguir e enfim fixar o Jumas Porto Alegre no Santuário. Senti algo novo, uma inocência de filho, de imediato me vi aos cuidados da mãe, como se ela quisesse me mostrar as pedras certas para colocar o pé e caminhar. Senti que a mãe quer o Jumas alí e quer ajudar o nosso grupo a enraizar esse ideal de Fogo de Cristo Tabor no Santuário.” Mateus Galhardo – Porto Alegre, 17 anos

“Já havíamos vivenciado tanta coisa desde o início de tudo em meados de maio que o crescimento era inevitável, porém foi somente neste retiro que os pontos faltantes puderam ser ligados. Foi incrível poder sentir na pele definitivamente o que é ser JUMAS realmente. A MTA está guiando e temos muito confiança que destes poucos jovens muitos outros virão e em breve teremos um JUMAS POA firme, estável e entregue nas mãos d’Ela.” Andrei Viana – Gravataí, 24 anos

Ficou evidenciada a extrema vontade de executar com êxito a Missão da refundação do JUMAS em Porto Alegre, o sentimento de carinho de todos os ramos da família de Schoenstatt por isto e especialmente a vontade da MTA em nos ter com ela. A resposta dada por todos é que Vinculados por Maria, o Jumas POA será Fogo do Cristo Tabor

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor